Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

restaurantes e os melhores wine bars de Florença
Foto Luciana Lancellotti

Lugares para tomar um bom vinho na capital da Toscana não faltam. Mas há, claro, os mais bacanas, aqueles que fazem a diferença na viagem. Dessa vez em que estive por lá, conversei com locais e estudei bastante antes de definir os lugares a visitar. E não me arrependi das escolhas. Com base nessa ronda, tracei um roteiro com dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença.

Muito mais do que possibilitar um belo brinde, os estabelecimentos indicados neste post também oferecem excelentes pratos ou porções para harmonizar com os vinhos da carta

Nesta lista com dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença, também tratei de selecionar locais que fogem da frequência ostensivamente turística, comuns às cidades mais visitadas do mundo.

Leia também:
+Vai viajar? Confira o checklist para arrumar a mala
+L’Andana: refúgio a dois na Toscana

CAPITAL DA TOSCANA

Aos pés das montanhas dos Apeninos, Florença é uma cidade pequena. Quando cheguei, ouvi de vários moradores que é possível percorrer o centro histórico da cidade em apenas meia hora. Bem, percorrer, pode até ser. Mas descobrir já é outra história. Porque não há como resistir a detalhes tão instigantes, nos quais a gente praticamente tropeça pelo caminho: museus, palácios, igrejas, a arquitetura em sua perfeição, restaurantes diminutos e lojinhas despretensiosas que fazem a gente parar, refletir, contemplar…

Em meia hora?

Não mesmo.

Entre tantas surpresas, é natural que os sabores também cruzem nosso caminho. É bom salientar que não se trata de uma cidade onde pipocam novos estabelecimentos.  Muitos dos melhores restaurantes e wine bars ou enotecas locais têm pegada tradicional, como mostro na lista que segue abaixo.

Leia também:
+ Em Florença, o jantar mais cool já registrado
+ Itália, Índia e Bali: os lugares de Comer, Rezar, Amar

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

CAMMILLO TRATTORIA

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença
Foto Luciana Lancellotti

A foto acima mostra um tiramisù de respeito que concluiu uma refeição memorável. Isso aconteceu na Cammillo Trattoria, que fica na Borgo San Jacopo, a cinco minutos de caminhada da Ponte Vecchio, principal ponte sobre o Arno, repleta de joalherias e ourivesarias.

Aberto em 1945, a Cammillo é, até hoje, um dos melhores lugares para degustar os sabores toscanos verdadeiramente caseiros.

Uma excelente oportunidade para provar uma deliciosa bisteca fiorentina, por exemplo. Quem ama massas acaba se rendendo ao farto espaguete a bottarga (ovas de tainha), que me aparece em sonhos até hoje.

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença
Foto Luciana Lancellotti

Eu diria que é um lugar obrigatório, apesar de não gostar de imposições nesse sentido. 😉

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

TRATTORIA SOSTANZA

Outro lugar histórico e igualmente perfeito para saborear a clássica bisteca é a Trattoria Sostanza, fundada há 150 anos, uma instituição local. O menu é enxuto e rigorosamente toscano. Tudo ali é preparado no forno à lenha e o resultado, obviamente, brilha em sabor.

Dica: o tortino di carciofi – ou omelete de alcachofra – é imperdível, servido alto e generoso, com interior cremoso e alcachofras crocantes no centro.

O vídeo abaixo é curtinho e mostra o que vem a ser essa especialidade, preparada na brasa, e o porquê de ser tão pedida. Para muitos, vale a viagem.

Já quando o assunto é pizza, não faltam estabelecimentos reivindicando servirem a melhor da cidade.

Balela, claro.

Poucos são os que servem redondas realmente fieis à versão clássica. Um deles é o que segue abaixo:

GUSTAPIZZA
Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença
Foto Luciana Lancellotti

Com pizzaiolos napolitanos no comando, o Gustapizza, fica em uma esquina nos arredores da Piazza Santo Spirito. Tem atmosfera agradavelmente informal, com frequência jovem e cerimônia zero. Você chega, dirige-se ao caixa, escolhe e paga sua pizza, pega a senha e, assim que estiver pronta, é só correr para o abraço.

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença
Foto Luciana Lancellotti

Para degustá-las, não há mesas. Ou melhor, há barricas adaptadas. Sem taxa de serviço, nem couvert.

Os preços, aliás, são ótimos: a Margherita sai por 5 euros. Apenas sete sabores (um deles, calzone), vinho, cerveja e água mineral para acompanhar.

E felicidade garantida, para um almoço ou jantar rápido e despretensioso.

Vamos agora às dicas dos wine bars ou enotecas, espalhados pela cidade.

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

LE VOLPI E L’UVA

Para muitos, Le Volpi e L’Uva é o melhor de Florença, escondido na diminuta Piazza dei Rossi, a poucos passos da Ponte Vecchio. O lugar tem atmosfera casual e serviço muito disposto a auxiliar com sugestões, independentemente do seu nível de conhecimento sobre vinhos.

A seleção de rótulos italianos por garrafa e por taça é extraordinária o staff tem larga experiência em negociar com pequenos produtores, garantindo, assim, bons preços. Aqui se descobrem rótulos dificilmente encontrados em outras prateleiras da cidade, além de queijos e salames deliciosos para petiscar.

Não deixe de experimentar os panini gourmet. 

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

PITTI GOLA E CANTINA

Se você não quer, exatamente, uma opção tradicional, a enoteca Pitti Gola e Cantinana Piazza Pitti, é uma das mais bonitas da cidade. Pequena e elegante, tem no comando três jovens proprietários. A atmosfera é contemporânea, com mesas de mármore e prateleiras do piso ao teto exibindo rótulos dos melhores produtores toscanos, em uma carta digna de um restaurante conceituado.  

A carta oferece, também, opções em taças e vinhos para sobremesa. Em noites mais agradáveis, o ideal é escolher uma das mesinhas na parte externa, ao sabor de tábuas de queijos locais e embutidos, com direito à vista para o Pallazo Pitti.

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

IL SANTINO

Pequeno e aconchegante, Il Santino tem atmosfera rústica, com tijolos aparentes e vigas de madeira expostas, além de prateleiras abarrotadas de produtos locais. Carnes curadas ficam dependuradas em ganchos e também nas vitrines, que ostentam uma incrível variedade de legumes marinados e queijos de toda parte da Itália, França, Inglaterra e Bélgica.

É a versão local para um bar de tapas.

A carta traz uma extensa lista de rótulos servidos por taça ou garrafa, além de uma ótima variedade de queijos e, sim, cervejas também. No verão, como em tantas outras enotecas, o melhor é ir para a área externa e observar o movimento.

Leia também:
+ Os melhores mercados de Lisboa, por Vítor Sobral
+ O melhor de Buenos Aires, por Paola Carosella

Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

ENOTECA FUORI PORTA

Já fora do portão da cidade, como o próprio nome indica, a Enoteca Fuori Porta fica perto de San Miniato. Mas calma. Tendo em vista o tamanho de Florença, isso não significa que a região seja, de fato, afastada: vale  dar uma esticada ao lugar, que abriu em 1987 oferecendo apenas vinhos em taças, mas acabou sendo ampliado e virou um restaurante.

A carta é bastante extensa – conta com quase 600 rótulos, acompanhando seleções de carnes e queijos, além de porções apetitosas e fartas de massas – essas, sim, as melhores para apreciar com os vinhos locais, naquela coreografia deliciosa de fazer o garfo girar no prato, em um movimento intercalado com prazerosas goladas de vinho.


Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

 

ONDE FICAR

PORTRAIT FIRENZE

Foi o hotel onde me hospedei e curti cada minuto. A foto em destaque eu tirei do meu quarto: o Portrait Firenze tem, provavelmente, a melhor localização da cidade, às margens do Arno, a alguns passos da Ponte Vecchio e a poucos minutos de caminhada do Duomo, Santa Maria Novella e Santa Croce.

A proposta do hotel, que pertence ao grupo Salvatore Ferragamo, é oferecer um ambiente que mais lembre um (incrível) apartamento em Florença. Os ambientes são espaçosos, há cozinha integrada e o café da manhã é servido até as 11h. O hotel, conta, ainda, com o Caffè dell’Oro, restaurante aberto durante todo o dia, com atmosfera mais aconchegante e toques modernos. Serve desde um espresso bem tirado a lanches e também refeições mais elaboradas, assinadas pelo chef Peter Brunel, que recebeu a primeira estrela Michelin aos 28 anos, no Villa Negri.

Confira a disponibilidade e os valores das diárias aqui.

  

J.K. PLACE FIRENZE

Visitei o J.K. Place Firenze e almocei por lá também. É um hotel boutique muito charmoso, que mais se parece com uma incrível casa particular onde proprietários recebem amigos em seus 24 quartos. A localização é ótima: na Piazza di Santa Maria Novella, a poucos passos do Duomo e da Ponte Vecchio – fotografei, aliás,  a vista a partir de um dos quartos, de onde se pode avistar, livre, a belíssima Basílica de Santa Maria Novella.

No lugar da recepção, por exemplo, quem chega encontra uma agradável sala de estar, biblioteca e um lounge. O café da manhã é servido no terraço, no último andar, que descortina uma senhora vista para o Duomo (ainda mais incrível durante o pôr do sol). Também é muito bem-vindo o buffet de amenidades (lanches, bebidas e doces) disposto ali aos hóspedes durante todo o dia.

Confira a disponibilidade e os valores das diárias aqui.

HOME FLORENCE

No centro histórico, a 500 metros da Basílica di Santa Croce, o Home Florence oferece uma das melhores relações qualidade/preço de Florença. Propondo um contraste com a riqueza arquitetônica da cidade, tem quartos minimalistas, onde a cor branca predomina. Cardápio com especialidades locais, jaccuzi na cobertura e um terraço privativo com vistas panorâmicas para a cidade são outros destaques. 

O hotel ainda fica a um quilômetro da Galeria Uffizi e da Ponte Vecchio.

Confira a disponibilidade e os valores das diárias aqui.

CONFIRA OUTROS HOTÉIS EM FLORENÇA

 


O post que você acaba de ler foi adaptado da reportagem “Fome de Florença”, que escrevi originalmente para a revista Wine.com.br. 

The following two tabs change content below.
Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, atualmente diretora de redação da revista Wine.com.br, publicação sobre vinhos de maior tiragem do Brasil. Foi crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
Dicas de restaurantes e os melhores wine bars de Florença

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)