Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé

Prosecco rosé
Arte Guilherme Freitas
Após anos de discussão, finalmente foram aprovadas novas regras que permitem a produção do Prosecco Rosé

.
Prosecco rosé. Você já brindou com um?

Com toda certeza, ainda não.

Bem, não se o espumante em questão for Prosecco DOC Rosé. Ou seja, o espumante elaborado no nordeste italiano e certificado de acordo com as rígidas normas da Denominazione di Origine Controllata (DOC) para o Prosecco.

Pode até soar estranho, mas até pouquíssimo tempo atrás, essas normas proibiam terminantemente a vinificação do famoso espumante italiano em rosé.

Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé

Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé
DO HIPPIE AO HYPE

Verdade seja dita, houve um tempo em que olhares reticentes eram comumente dirigidos aos vinhos rosé em geral. E o Prosecco, por outro lado, também não era lá muito bem visto. Foram anos e anos sofrendo preconceito.

Porém, a partir da década de 2010, vinhos Prosecco e vinhos rosé começaram a integrar as concorridas listas de tendências no universo do vinho. Bingo! Os rosés, espumantes e tranquilos, passaram a ser consideravelmente valorizados. E hoje há, inclusive, movimentos como o #EverydayRose, entre os estadunidenses.

Em resumo, os rosés nunca foram tão produzidos e concorridos.

Pois bem.

Eis que o Consorzio Tutela Prosecco DOC,  a instituição que coordena e gerencia a Denominazione di Origine Controllata Prosecco, anunciou a atualização de suas regras de produção. E uma delas – bravo! – introduziu ao conjunto de normas a liberação da produção do Prosecco DOC Rosé.

A ideia já vinha sendo desenvolvida desde 2018. E em maio de 2020, enfim, a proposta de alteração dessas regras disciplinares foi aprovada por unanimidade pelo Comité Nacional de Vinhos do Ministério de Agricultura Alimentos e Florestas.


+ Conheça Fleur de Miraval, novo Champagne Rosé de Brad Pitt e Angelina Jolie
+ Já é possível assinar a SOMM TV, considerada a Netflix do vinho


Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé
Quando comprar?

Mesmo com todo o alvoroço formado em torno da novidade, ainda não é possível provar o espumante rosado italiano. O motivo é elementar: o vinho ainda está sendo produzido.

Mas a boa notícia é que o consumidor não vai ter que esperar demais para comprar suas primeiras garrafas de Prosecco DOC Rosé

De acordo com o anúncio oficial, as vendas vão estar liberadas a partir do dia 1º de janeiro após a colheita.

Isso significa que a partir de janeiro de 2021 será possível encontrar nas prateleiras, físicas ou on-line, o aguardado Prosecco DOC Rosé.

Segundo as estimativas do consórcio, a produção total de Prosecco DOC Rosé pode chegar a 30 milhões de garrafas por ano. Para traçar um paralelo, de acordo com a instituição 486 milhões de garrafas de Prosecco foram fabricadas no ano passado. Isso significa que, pela estimativa, cerca de uma em cada 16 garrafas será de Porsecco Rosé.

Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé

+ Dicas de restaurantes e wine bars em Florença
+ Um jantar descoladíssimo no verão de Florença


Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé
ENTENDA AS NORMAS

A área de produção do Prosecco DOC está localizada no nordeste da Itália, precisamente nos territórios das 5 províncias do Vêneto (Treviso, Veneza, Vicenza, Pádua e Belluno) e em quatro na Friuli Venezia Giulia (Gorizia, Pordenone, Trieste e Udine), uma das áreas mais bonitas da península italiana.

C0nfira as especificações para a produção do novo Prosecco DOC Rosé :

  • Castas: Glera e 10% -15% Pinot Nero
  • Rendimento: 18 toneladas/hectare para Glera e 13,5 toneladas/hectare para Pinot Nero
  • Segunda fermentação – Método Martinotti/Charmat: mínimo de 60 dias
  • As vendas serão permitidas a partir de 1º de janeiro após a colheita
  • Cor: rosa mais ou menos intenso, brilhante e com espuma persistente
  • Açúcar residual: de Brut Nature ao Extra Dry
  • O rótulo deverá conter a palavra “Millesimato” e a safra (com, no mínimo, 85% das uvas daquele ano)

Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé

 


Contagem regressiva para comprar o Prosecco Rosé
GLERA x PROSECCO

É sempre bom esclarecer que, até o ano de 2009, a uva branca Glera, originária do Vêneto, na Itália, que participa de 85% da composição desse espumante (combinada com Chardonnay e Pinot), era conhecida como Prosecco.

Então veio a confusão sobre o que era o vinho espumante Prosecco e o que era a uva Prosecco. O conselho regulador optou, então, por adotar o nome original da casta, justamente para diferenciá-la da bebida.

More from Luciana Lancellotti

Catena Zapata, Mendoza

O caminho para o distrito de Agrelo, no oeste da Argentina, percorre...
Leia mais