Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?

A dieta da moda afirma: chocolate amargo e vinho tinto ajudam a emagrecer

As perguntas são recorrentes: “É verdade que tomar vinho emagrece?”. Também: “Tomar vinho antes de dormir emagrece?”. Ou ainda, “Uma taça de vinho depois do almoço emagrece?”.

Pudera…

Vira e mexe surge um estudo realizado por alguma universidade de renome internacional afirmando que uma taça de vinho tinto por dia ajuda a emagrecer. Ou que uma taça de vinho tinto equivale a 20 minutos de exercícios físicos.

Por mais que o vinho seja saudável, é preciso assimilar esse tipo de informação com muita cautela. Ultimamente, vem sendo muito comentada uma dieta simples, que permite o consumo não só de vinho tinto, como também de chocolate amargo. É a Sirtfood, que virou a dieta da moda.

Motivo: a dieta Sirtfood teria, supostamente, ajudado a cantora Adele a perder 22 kg. Não há como negar que todos se surpreenderam ao ver as fotos de Adele depois do regime.

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
Instagram | Adele

Não por acaso, o número de publicações sobre a dieta Sirtfood só cresce. Dá só uma olhada na lista de livros da  Amazon dedicados à dieta da moda.


Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
A ESSÊNCIA

A dieta Sirtfood, cujo método é detalhado no livro The Sirtfood Diet, foi criada por uma dupla de nutricionistas na Inglaterra, Aidan Goggins e Glen Matten. O conceito por trás da dieta: quando você corta calorias ou entra em jejum, as células do seu corpo pedem energia e isso ativa o “gene magro”.

Esse gene (um grupo de genes, na verdade, chamados genes da sirtuína) desencadeia uma série de reações. O corpo muda para o “modo de sobrevivência”, interrompendo seus processos normais de crescimento. Como resultado, o organismo para de armazenar gordura e começa a queimá-la.

Obviamente, o problema desse processo de jejum é que ele inevitavelmente causa fome e pode provocar irritabilidade, fadiga e perda de massa muscular.

Contudo, de acordo com o método, é nessa hora que entram em ação o chocolate amargo e o vinho tinto.

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
Getty

Os criadores da dieta afirmam que certos alimentos – os chamados “alimentos sirt” – são especialmente ricos em polifenóis específicos que ativam os mesmos genes sirtuin que o jejum desencadeia. Dessa forma, ao ingerir esses alimentos, você ativa os genes sirtuin (magros), que subsequentemente queimam gordura – tudo sem o efeito colateral da fome, segundo os fundadores da dieta.

Em outras palavras, quem adota a dieta Sirtfood ativa os genes magros por meio dos polifenóis, sem precisar jejuar. E o polifenol mais investigado a esse respeito é o resveratrol, termo com o qual os apreciadores de vinhos estão bastante acostumados. Trata-se de um composto encontrado no vinho tinto e no chocolate amargo.

Mas isso não é tudo: os sirtuins também parecem reduzir a inflamação e reparar os danos às células, tornando os adeptos da dieta mais saudáveis.

Muito bom para ser verdade, não?

 


+ Confira uma das receitas da dieta Sirt: trufas saudáveis de chocolate amargo
+ Afinal de contas, é cidra ou sidra?


 

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
ALIMENTOS PERMITIDOS

Para colocar a dieta em prática, quais alimentos compõem o cardápio da Sirtfoods?

Vários itens estão presentes no dia a dia, como alho, cebola e café. Eis uma lista com os principais alimentos:

  • azeite de oliva extra virgem
  • chocolate amargo (85% cacau)Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
  • couve
  • vinho tinto
  • nozes
  • café
  • rúcula
  • salsão
  • cebola
    Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
  • alho
  • soja
  • salsa
  • chá verde matcha
  • tâmaras Medjool
  • chicória vermelha (radicchio)
  • Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?amoras
  • alcaparras
  • café
  • trigo sarraceno
  • açafrão
  • morangos

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
O PLANO

A meta da primeira semana da Dieta Sirtfood é perder 7 libras (3,17kg). Para alcancá-la, recomendam os autores, é preciso comer e beber um total de 1.000 calorias de Sirtfoods por dia, durante os 3 primeiros dias. A maior parte dessas calorias é consumida em forma de suco verde, que combina couve, rúcula, salsa, aipo, maçã verde, suco de limão e chá verde matchá.

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
Getty

Nos 4 dias seguinte, come-se e bebe-se o equivalente a cerca de 1.500 calorias por dia em Sirtfoods. De acordo com os criadores da dieta, as pessoas que seguem este programa não ficam com muita fome.

As duas semanas seguintes são a fase de manutenção. Nesse período, os adeptos da dieta continuam a perder peso de forma constante, segundo o livro. Durante essa fase, comem-se três refeições ricas em alimentos naturais e um suco verde por dia, sem restrições calóricas.

Após, então, essa imersão de 3 semanas, a perda de peso é mantida e, novamente segundo os autores, os adeptos da dieta redescobrem a própria saúde. Esse processo acontece na medida em que são incluídos, regularmente, alimentos sirtfoods em todas as refeições e consumindo o suco verde todos os dias.


Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
AFINAL, O MÉTODO FUNCIONA?

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?

 

Então, em teoria, essa dieta deveria funcionar, certo? Porque a fórmula é simples: reduza suas calorias e consuma alimentos naturais ricos em polifenóis. Então os sirtuins entram em ação e começam a queimar gordura, fazendo você emagrecer.

Na verdade, os pesquisadores demonstraram que a ativação da enzima sirtuína (SIRT1) queima, sim, gordura (tecido adiposo branco). Porém, isso acontece com as células de gordura de camundongos, que por sua vez também demonstraram aumento de longevidade.

Bom, que a Dieta Sirt é ótima para os ratos gordinhos, a gente já sabe.

Mas, até agora, o efeito da queima de gordura não foi comprovado em humanos, apesar das pesquisas que investigaram especificamente essa questão. Em um pequeno estudo em humanos, por exemplo, o resveratrol e a restrição calórica realmente aumentaram as concentrações séricas de SIRT1. Mas apenas a restrição calórica foi responsável pela redução do tamanho da cintura das pessoas e dos níveis de lipídios.

Até aqui nenhuma novidade, certo?

Agora, cá entre nós… Se ativação de sirtuins realmente pudesse queimar gordura e reduzir o peso em humanos, seria um grande desenvolvimento. A boa notícia é que muitos pesquisadores e empresas farmacêuticas vêm trabalhando bastante no desenvolvimento de uma droga desencadeadora da sirtuína, que poderia fazer exatamente isso.


+ Comida de avião: as melhores refeições a bordo
+ Conheça a SOMM TV, a Netflix do vinho


Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?
CONCLUSÃO

 

Dieta Sirtfood: afinal, tomar vinho emagrece?

Adotar uma dieta rica em alimentos naturais com antioxidantes e polifenóis antiinflamatórios – e cortar calorias, que fique bem claro – é, na verdade, algo bastante saudável. E, provavelmente, benéfico, como afirmam os nutricionistas.

Mas a Dieta Sirt Food, especialmente durante a primeira semana, que é super restritiva, não parece fornecer calorias suficientes ou uma grande variedade de alimentos para torná-la sustentável.

Outro ponto: os autores afirmam que o objetivo da dieta Sirt é mais uma alimentação saudável do que uma perda dramática de peso. Ainda assim, há especialistas que criticaram o apelo do livro, cujo lema é “Perca 7 libras em 7 dias”.

7 libras = 3,17 kg

Uma perda de 1 a 2 libras por semana [algo entre meio quilo e um quilo] é considerada uma quantidade estável e saudável. Portanto, uma perda de peso tão drástica em um período tão curto pode não ser boa para a saúde.

Além disso, obviamente, o vinho tinto é uma bebida alcoólica, ainda que sua composição tenha resveratrol e ativadores de sirtuína.

A melhor notícia de todas é que, ainda sem a comprovação de que os alimentos sirt desencadeiam o processo de emagrecimento, não há nada de errado em dar uma mordida em uma barra de chocolate amargo de vez em quando e uns goles em uma tacinha de vinho tinto, certo?


* Beba sempre com moderação
* Antes de iniciar qualquer dieta, consulte seu médico

More from Luciana Lancellotti

Pequena Tiradentes, MG

Parte do charme de Tiradentes se traduz nas pedras e ladeiras, na...
Leia mais