Mercados de Lisboa, por Vítor Sobral

Foto: divulgação

Lisboa está na moda e isso não é mais novidade. Tem gente que nunca foi e quer ir, tem gente que já foi e quer voltar. Seja qual for o seu caso, uma das formas mais autênticas de entrar, de fato, no espírito da cidade é fazendo uma visita a um dos mercados de Lisboa – ou a vários, já que são 26, ao todo, de acordo com a Câmara Municipal de Lisboa. Os mercados de Lisboa, aliás, estão entre os melhores do mundo, não só pela variedade e tipicidade dos itens, mas também porque alguns deles reúnem, com competência, tradição e contemporaneidade.

.

E quem melhor que um chef para indicar os melhores mercados de Lisboa? Conversei com Vítor Sobral, que se prepara para inaugurar na capital portuguesa a primeira filial da Padaria da Esquina.

Vitor conhece os mercados de Lisboa como a palma da mão e indicou, com exclusividade para o Gourmet Viajante, seus mercados favoritos na capital portuguesa – com direito a uma licença poética, em Setúbal.

Vamos às dicas:

Mercados de Lisboa

MERCADO DE ALVALADE NORTE

“Para um café – e se quiser conhecer um mercado com mais autenticidade –, vá ao mercado de Alvalade Norte, com uma diversidade incrível de produtos”, recomenda Vitor Sobral.

Não foi à toa que Anthony Bourdain destacou o Mercado de Alvalade Norte em seu No Reservations – devidamente guiado pelo chef Henrique Sá Pessoa, do restaurante Alma. Pelo vídeo, é possível ter uma ideia da diversidade de produtos disponível no mercado:

Como o lugar não é nada turístico, é possível sentir, nos corredores entre as bancas, uma atmosfera verdadeiramente local. Com a vantagem de poder interagir diretamente com os produtores.

Estão ali reunidos, em excelente qualidade, flores, queijos, chacrutaria e um sortimento fantástico de frutas e peixes: linguado, polvo, peixe-espada, entre muitos outros, além de, claro, o inevitável bacalhau.

Dica da editora: confira a banca da Elisa Cruz, que arruma peixes e frutos do mar com o maior cuidado e faz da sua banca a mais vistosa do mercado. Aproveite para comprar algumas especiarias e frutas secas na incrível banca do Sr. Sadik,  que trabalha no mercado de Alvalade há quatro décadas. É a chance de conhecer e comprar temperos asiáticos e africanos raríssimos de encontrar.

Confira, também,  os queijos e pães no Cantinho Saloio (uma das bancas mais concorridas do mercado) e termine o programa no restaurante Mercado de Alvalade, com um grelhado de carne ou peixe fresco, que chegam diretamente das bancas do mercado.

Mercado de Alvalade Norte
Av. Rio de Janeiro, 25
Lisboa, Portugal
Tel: +351 21 593 9611

Leia também:
+ Os wine bars mais bacanas de Lisboa
+ Um almoço no Cantinho do Avillez, em Lisboa

Mercados de Lisboa

MERCADO DE CAMPO DE OURIQUE
Mercados de Lisboa, por Vítor Sobral
Foto reprodução/Facebook Mercado de Campo de Ourique

“É um mercado menor, mas muito interessante, até porque está localizado em um do bairro residencial, agradável para andar a pé em Lisboa. Campo de Ourique é, sem dúvida, o bairro mais charmoso da cidade”, elogia Vitor Sobral, que fincou, no bairro, a Tasca e a Peixaria da Esquina.

A grande vantagem do Mercado do Campo de Ourique com relação ao Mercado da Ribeira, sobre o qual você vai ler a seguir, é a atmosfera aconchegante, sem a presença ostensiva de turistas. Sim, há turistas por aqui também, mas a maior parte dos frequentadores ainda é local. O mercado foi fundado em 1934 – a Dona Aurora, por exemplo, que aparece na foto acima, trabalha no mercado há 64 anos. Em 2013, o lugar passou por uma transformação, que trouxe um ar mais moderno e agradável às instalações. 

Localizado em um bairro residencial, o Mercado de Campo de Ourique tem atmosfera mais aconchegante

Se ainda estão por lá as bancas com frutas, legumes e peixes do dia, há também hambúrgueres, comida italiana, pratos tradicionais portugueses, vinhos, entre muitas outras opções.

No verão, o Mercado é ainda mais procurado por conta das limonadas (tradicional e de morango) e dos coquetéis do Bar do Mercado, além dos gelados artesanais da Artisani.

Ainda sobre a localização, uma dica é conciliar a visita ao mercado a um passeio ao Jardim da Estrela e à Basílica da Estrela, a poucos passos dali.

Aos domingos, o Mercado de Campo de Ourique promove apresentações musicais na Praça de Alimentação..

Mercado de Campo de Ourique
R. Coelho da Rocha 104, 1350 Lisboa, Portugal
 ;

Mercados de Lisboa

TIME OUT MERCADO DA RIBEIRA

 

Eis o mais divulgado, festejado e lotado entre os mercados de Lisboa, que fica no Cais do Sodré, uma área que vem sendo revitalizada ao longo dos últimos anos, atraindo um público trendy que lota bares, restaurantes e, claro, o Mercado da Ribeira. “Veja que antes esta região era muito imprópria para consumo e hoje é um lugar incrível”, diz Vítor. “Eu mesmo tenho um restaurante [o Balcão da Esquina] no Mercado da Ribeira e é impressionante o movimento, algo incrível”, diz.

Vitor se refere à iniciativa da equipe fundadora da revista Time Out, que em 2010 venceu a licitação para explorar parte do piso térreo e o primeiro andar do mercado, cujo prédio foi fundado em 1882.

O conceito do Mercado da Ribeira é tão bem-sucedido que será exportado pelo Time Out Group para mercados do mundo inteiro.

Uma curadoria competente, feita pela própria equipe da Time Out, trouxe para espaço uma amostra do que vem sendo feito de mais interessante na cidade em termos de gastronomia e negócios.

O resultado é uma moderna praça de alimentação onde estão representados 24 restaurantes e 8 bares, além de espaços comerciais, salas de apresentações e espaço para workshops de gastronomia. A própria redação da Time Out funciona ali. Tem também o mercado de comércio tradicional, com produtos frescos oferecidos em bancas.

Há tanto para apreciar por lá que fiz um post independente, apenas com dicas para curtir o melhor do Mercado da Ribeira. Confira aqui.

O conceito aplicado ao Mercado da Ribeira é tão bem-sucedido que o formato vai ser exportado Time Out Group para mercados do mundo inteiro.

Av. 24 de Julho 49
Lisboa, Portugal

Mercados de Lisboa

MERCADO DO LIVRAMENTO (Setúbal)
Mercados de Lisboa, por Vítor Sobral
Foto: reprodução / Visit Setubal

“Quem gosta da atmosfera dos mercados vai adorar conhecer o Mercado do Livramento, um dos melhores do mundo”, garante Vitor. “Para chegar, é preciso andar um pouco mais, já que fica na região de Setúbal [a cerca de 50 minutos de carro do centro de Lisboa], mas é para ficar louco, com tanta diversidade de peixes, frutos do mar, queijos, pães, um lugar espetacular”.

Ele não está exagerando. Entre muitos reconhecimentos, o Mercado do Livramento foi listado pelo jornal norte-americano USA TODAY entre os melhores mercados de peixe do mundo. O ranking foi elaborado a partir das indicações de Mark Drabich, presidente da Metropolitan Seafood & Gourmet.

O Mercado do Livramento foi listado pelo USA Today entre os melhores mercados de peixe do mundo

Outra característica que também faz valer a esticada até Setúbal é o aspecto arquitetônico do edifício, em estilo Art Déco, com colunas em ferro fundido, que foi inaugurado em 1930. Há umas figuras gigantes e curiosíssimas assinadas por Augusto Cid, doadas ao mercado pela Fundação Buehler Brockhaus, retratando os profissionais do mercado (foto abaixo).

Mercados de Lisboa, por Vítor Sobral
Foto Visit Setubal

Frutas, verduras e legumes coloridos se destacam nas bancas, frente a um enorme painel de azulejos antigos, produzidos entre as décadas de 1930-40. Ao todo, 5,2 mil azulejos forram as paredes do mercado. Sem falar nos queijos, pães e doces tradicionais portugueses.

Atenção aos peixes e frutos do mar fresquíssimos: estão lá os famosos percebes, disputando atenção com o choco, peixe-porco, cabra vermelha, pata-roxa, rascasso… Aproveite a visita para conhecer todos esses pescados com nomes pouco familiares aos ouvidos brasileiros, mas de um sabor, como dizem os portugueses, de chorar por mais.

Av. Luísa Todi 163
Setúbal, Portugal
The following two tabs change content below.
Mercados de Lisboa, por Vítor Sobral
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, atualmente diretora de redação da revista Wine.com.br, publicação sobre vinhos de maior tiragem do Brasil. Foi crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
Mercados de Lisboa, por Vítor Sobral

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)