Cantinho do Avillez, Lisboa

Cantinho do Avillez Lisboa

Em minha passagem mais recente por Lisboa, mal via a hora de conhecer o Cantinho do Avillez, de José Avillez,  inaugurado no Chiado no início de setembro, marcando o retorno do jovem e festejado chef.

Por três anos, ele esteve à frente do Tavares, um dos ícones da gastronomia lisboeta, que renasceu com sua chegada, conquistando, aliás, uma estrela no Guia Michelin. Porém, no início de 2011, em meio a rusgas já bastante difundidas, o chef deixou a casa.

Bom, voltando ao Cantinho do Avillez, o ambiente não tem pompa. O lugar é despojado, confortável e diminuto – como, presume-se, deve ser um cantinho, embora a atmosfera tenha uma pegada, assim, descolada.

Cantinho do Avillez, Lisboa

À mesa, nada das espumas ou esferificações de costume – o chef, que domina e pratica a gastronomia de vanguarda, surpreende, aqui, ao propor a simplicidade da cozinha tradicional portuguesa, absolutamente bem executada. No cardápio, as entradas pareceram bastante atraentes. Resolvemos, então, experimentar cinco delas. Isso mesmo, cinco. 🙂

Cantinho do Avillez, Lisboa

A primeira foi uma porção de  peixinhos da horta, um petisco local tradicionalíssimo que se assemelha a peixes fritos mas, na verdade, são vagens de feijão verde cozidas em água salgada e empanadas em seguida. Estavam sequinhos e crocantes, com interior macio,  servidos com molho tártaro.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Mas foram as empadinhas as primeiras a arrancar suspiros, com massa fina, de sabor aconchegante. O recheio, farto e cremoso, é preparado com perdiz, bacon e cebolinha.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Mais: fígados de aves tenros chegam à mesa, salteados com uvas e vinho do Porto. A acidez da fruta ajuda a cortar a gordura do fígado, equilibrando a porção. Outra boa pedida.

Cantinho do Avillez, Lisboa

A hora das vieiras. Os escalopes são fatiados finamente e servidos sobre uma camada de creme de abacate. Uma entrada cheia de frescor. Agradou bastante.

Cantinho do Avillez, Lisboa

E minha favorita: a farinheira – tradicional embutido português muito semelhante à alheira na origem e no preparo –  tem acento defumado que casa harmoniosamente com a generosa crosta dourada de broa e coentro.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Entre os principais, escolhemos um risoto de  cogumelos, farto e cremoso, com lascas de parmesão.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Vieiras novamente. Desta vez são servidas acompanhadas por batatas doces de Aljezur (Algarve) e aspargos. Aqui, o sabor da batata doce – sensacional, diga-se de passagem – encobriu um pouco o amargor sutil característico das vieiras. Comprometeu um pouquinho o equilíbrio, mas não foi motivo para impedir elogios.

Cantinho do Avillez, Lisboa

O hambúrguer de Barrosã DOP veio adornado por  foie gras. Para completar, cebolas caramelizadas, com molho umedecendo generosamente o pão macio. Batatas fritas muito crocantes e sequinhas acompanhando. Informal e reconfortante.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Para terminar, uma sobremesa com nome curioso: Avelã  – leia-se avelã ao cubo: sorvete e mousse de avelã, finalizados com a fruta seca triturada. Uma combinação de texturas que finalizou ludicamente – e com louvor – o almoço.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Saímos de lá felizes e satisfeitos, rumo à outra casa de Avillez, o Belcanto, com inauguração prevista para novembro. O local, em fase final de reforma, fica a poucos passos do Cantinho e  abrigou por 50 anos  um dos mais emblemáticos restaurantes de Lisboa, com o mesmo nome.

Cantinho do Avillez, Lisboa

Na nova casa, sim, será possível reencontrar a cozinha reflexiva praticada por Avillez – sua marca registrada. No menu, ao lado de clássicos do antigo Belcanto, como os ovos à professor e o strogonoff, estarão alguns dos pratos-assinatura do chef, como  o Mergulho no Mar, preparado com robalo cozido a baixa temperatura acompanhado por mexilhões e algas, escaldado com água do mar.  A localização:

Cantinho do Avillez, Lisboa

Restaurante histórico com cozinha de vanguarda… Será mera coincidência? Com toda a expectativa em torno da nova casa, já se comenta que o lugar vai nascer de olho na estrela Michelin. Lisboa Merece. E talento para isso não falta.

Vamos aguardar.

Atualização do post: não deu outra, logo no primeiro ano de funcionamento, o Belcanto faturou a primeira estrela Michelin. E hoje, já ostenta duas delas. 

Cantinho do Avillez
Rua dos Duques de Bragança, 7
Chiado, Lisboa.
Tel 21 199 2369

The following two tabs change content below.
Cantinho do Avillez, Lisboa
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, atualmente diretora de redação da revista Wine.com.br, publicação sobre vinhos de maior tiragem do Brasil. Foi crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
Cantinho do Avillez, Lisboa

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)