Saca-rolhas: 5 modelos que parecem arte

O saca-rolhas "The Jester", assinado por Marcel Wanders | Divulgação

Saca-rolhas é aquele tipo de acessório que todo mundo tem que ter em casa. Charme, design, isso não vem ao caso em um primeiro momento – basta cumprir a função de abrir uma garrafa de vinho, sem demandar esforço ou dificuldade, e está feito.

Mas há, claro, formas e formas de abrir uma garrafa de vinho, com múltiplos tipos de saca-rolhas.

Aficionados por vinhos costumam colecionar vários modelos.

E tem para todos os gostos e bolsos. Do mais tradicional, em formato de “T”, passando pelo clássico Sommelier (com alavanca em dois estágios), até os mais sofisticados, de mesa, elétricos ou assinados por artistas e designers renomados.

.

Já entre os profissionais ligados ao vinho, o  nível de exigência sobe, é claro. Gosto de uma passagem do documentário SOMM – Dentro da Garrafa (SOMM – Into the Bottle, 2015), em que um sommelier diz algo mais ou menos assim: “ser sommelier é abrir um vinho de 15 dólares com um saca-rolhas que custa 300”. 

Aliás, se você ama vinhos, assista, assista e assista às duas partes desse excelente documentário, disponíveis na Netflix. Assista ao trailer:

Voltando ao acessório, pessoalmente prefiro o clássico e simples saca-rolhas do tipo Sommelier. Mas ainda assim caí de amores pelos modelos abaixo, com design interessantíssimo.

Alguns deles estão disponíveis para venda, com entrega no Brasil.

Saca-rolhas WineD | Design e funcionalidade 

Confesso que, entre os modelos que conheci nos últimos meses, este foi o de que mais gostei. E é ainda um projeto. A ideia do designer húngaro Bálint Eckhardt ao conceber o WineD foi unir o útil ao belo. Cilíndrico, em madeira e metal, é um saca-rolhas muito fácil de utilizar: basta fazer movimentos giratórios com a alça para que a rolha seja removida da garrafa suavemente. Fora de uso, a peça pode ser exposta como um objeto design, camuflando sua função principal. behance.net/balinteckhardt

Leia também:
+ Saiba onde comprar as taças de vinho de Olivia Pope
+ Aprenda a calcular a quantidade de vinhos: guia para receber em casa com charme

Saca-rolhas Lazy Fish | Inspiração nos anos 1920

 

Aquele tipo de saca-rolhas que rouba as atenções. Cromado, o “peixe-preguiçoso” inspirado nas formas clássicas dos anos 1920 tem mecanismo de acordeão que torna a abertura da garrafa uma tarefa das mais agradáveis, com fácil remoção das rolhas mais resistentes. O peixinho deve abocanhar o gargalo enquanto sua cauda é torcida, extraindo a rolha. Simples, lúdico e fora do convencional. Compre aqui.

Saca-rolhas Parrot | Design italiano 

A criação do saca-rolhas Parrot é assinada pelo célebre arquiteto, artista e designer italiano Alessandro Mendini. O milanês foi diretor de redação das revistas Casabella, Modo e Domus e idealizador de peças festejadas no mundo do design, como a poltrona di Proust (1976)  e a lâmpada Amulet (2013). Nesta versão de abridor no estilo sommelier (com alavanca de dobradiça dupla), Mendini cumpre humor e funcionalidade. Compre aqui.

Leia também:
+ Vale dos Vinhedos: guia de viagem
+ Confira outras dicas incríveis de enoturismo

Saca-rolhas Hand | Toque modernista

Icônico, este saca-rolhas em aço inoxidável foi projetado na década de 1950 por Carl Auböck II, um dos nomes mais conhecidos do Modernismo austríaco. Com alça de latão e estojo produzido com bambu, é uma das várias peças de Auböck com as formas de uma mão – há, ainda, pesos de papel e chaveiros. Aliás, sugiro uma espiada em outros objetos criados pelo Auböck, que são  incríveis. Para comprar, clique aqui.
.

Saca-rolhas The Jester |Bobo da corte em grande estilo
.

Saca-rolhas: 5 modelos que parecem arte
Foto | Divulgação

O designer holandês Marcel Wanders se inspirou nos movimentos e nas cores da figura do bobo da corte para criar este saca-rolhas multicolorido. A espiral de metal fica oculta nas formas do objeto. A base, que faz referência a uma plataforma de circo, encaixa-se no gargalo da garrafa, enquanto o chapéu facilita a extração da rolha. Produzido em edição limitada (999 pcs).

Vale dar uma olhada no vídeo abaixo, com parte da produção do Jester (legal, também, para ter uma noção do tamanho, é um saca-rolhas maior do que o convencional). Compre aqui.
.

 

The following two tabs change content below.
Saca-rolhas: 5 modelos que parecem arte
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem. Foi diretora de redação de publicações especializadas como Wine.com.br e Meridiani, e crítica de restaurantes da revista Playboy, além de repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
Saca-rolhas: 5 modelos que parecem arte

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)