Visita à vinícola Artesana, Uruguai

Visita à vinícola Artesana Uruguai

Muita gente decide agendar uma visita à vinícola Artesana depois de provar e aprovar um dos vinhos produzidos na bodega em algum restaurante de Montevidéu ou Punta del Este.
.

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
SUCESSO PRECOCE
.

“Quando construímos a vinícola, em 2011, imaginávamos que o turismo por aqui começaria muitos anos mais tarde”, diz Analía Lazaneo, enóloga e uma das sócias fundadoras. Graças à curiosidade crescente dos apreciadores, Analía acabou tendo que abrir a bodega para os visitantes em 2014, bem antes do previsto.

A visita à vinícola Artesana começa com uma bela alameda de acesso.
.

+ Confira os 6 melhores hotéis de Montevidéu
+ Os melhores hotéis de Mendoza, Argentina

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
Foto Luciana Lancellotti

A vinícola Artesana tem  diferenciais bem interessantes, a começar pelo fato de ter sido idealizada e conduzida por mulheres – Valentina Gatti é a outra enóloga fundadora.

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
As sócias, Valentina e Analía

+ Guia de enoturismo no Uruguai
+ Guia de enoturismo em Mendoza

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
TOQUE FEMININO

O olhar feminino já pode ser sentido ao entrar, no despojamento da decoração. A poucos passos das vinhas, móveis de madeira reproduzem o ambiente de um lounge, onde os vinhos podem ser degustados.

A Artesana é a única vinícola do Uruguai a produzir vinhos com a Zinfandel

A produção da vinícola Artesana é exclusiva de tintos e rosés, a partir de Tannat, Merlot e Zinfandel. Sobre esta última, a Artesana é a única vinícola do Uruguai a cultivá-la e produzir vinhos a partir dela. O resultado é bastante agradável, um tinto frutado com um traço delicado que não passa despercebido. Obrigatório provar o Zinfandel da Artesana.

No Tannat, notam-se taninos mais trabalhados e uma certa elegância nos aromas e sabores. De forma geral, sobressaem nos vinhos o frescor e a elegância.


Visita à vinícola Artesana, Uruguai
DEGUSTAÇÕES E ALMOÇOS
.

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
Foto Luciana Lancellotti

A Artesana organiza degustações de 3 vinhos harmonizados com quitutes caseiros e pães artesanais produzidos no forno à lenha. Além de almoços harmonizados.

Durante essas experiências de degustação, a sommelière, Paula Assandri (à direita), explica comdetalhes sobre a elaboração dos rótulos.

Na cozinha aberta, o chef Martín Amengual (abaixo), marido de Valentina, propõe a tradicional parrilla, entre outras especialidade uruguaias. “Nossa ideia é valorizar uma cozinha simples mas muito típica”, me explicou o chef.

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
Foto Luciana Lancellotti

O menu tem seis pratos harmonizados e muda frequentemente, de acordo com a disponibilidade de ingredientes.

Mas independentemente dos pratos do dia, torça para ter, de sobra, as uvas Tannat confitadas, preparadas pelo chef no forno à lenha, lentamente (às vezes leva dias até atingir o ponto ideal).

Não à toa, muita gente acaba comprando as uvas para levar.

No dia da minha visita, o almoço foi aberto com as Tannat confitadas e um patê de roquefort acompanhados por pães artesanais preparados no forno à lenha.

.

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
Foto Luciana Lancellotti

A vista era essa aqui:

Visita à vinícola Artesana, Uruguai
MENU

O almoço prosseguiu com croquetes de carne de porco empanados em panko, servidos em molho barbecue caseiro em marmelo. Depois, as típicas empanadas de carne. Em seguida, foi a vez do prato principal, um tradicional locro, que vem a ser um ensopado preparado com carne de porco, feijão, abóbora, milho e caldo de carne, um prato bem substancioso.

Por fim, o Martín Fierro, a versão uruguaia do nosso Romeu e Julieta, com queijo e marmelo (membrillo). Aqui veio preparado com queijo colonial fundido e marmelo assado.

Além de almoços harmonizados e degustações, a vinícola Artesana organiza piqueniques nos vinhedos e aulas de culinária.

A visita, pura e simples, é gratuita. Mas você não vai vir apenas para ver o lugar, certo?

Confira aqui os detalhes sobre os tipos de visita à vinícola Artesana.

 

Artesana

Distância do centro de Montevidéu: 30 km (40 minutos de carro). Reservas: turismo@artesanawinery.com

 

The following two tabs change content below.
Visita à vinícola Artesana, Uruguai
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, não recusa uma taça de um bom Syrah. Editora de Estilo da revista ISTOÉ Dinheiro, foi diretora de redação da revista WINE, crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo São Paulo e TV Cultura.
Visita à vinícola Artesana, Uruguai

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)

More from Luciana Lancellotti
Sabores da África do Sul
Imagine um lugar onde os pratos podem combinar até 15 temperos e...
Read More
0 replies on “Visita à vinícola Artesana, Uruguai”