A cerveja de Ferran Adrià

Estrella Inedit
Estrella Damm Inedit: criada por Adrià, ideal para harmonizar. Foto: divulgação

Licença poética para tratar de cervejas em um espaço dedicado aos vinhos. Não estranhe. Ao ler  as linhas abaixo, você vai entender o porquê.

Para começar, a Estrella Damm Inedit é aquele tipo de cerveja recomendada para quem curte vinhos e quer ser apresentado ao universo cervejeiro em grande estilo.

A  escola é belga. A nacionalidade, espanhola – a mesma do aclamado Ferran Adrià, que idealizou a Inedit em parceria com Juli Soler e os sommeliers Ferran Centelles e David Seijas.


Soler (1949-2015), é bom lembrar, foi sócio de Adrià no extinto El Bulli, restaurante ultra premiado que abriu espaço e deu nome à atual fundação capitaneada pelo chef catalão.

Os ingredientes aguçam curiosidade: alcaçuz, raspas de laranja e coentro. Notoriamente, sua criação teve como objetivo principal a harmonização. O processo de criação, aliás, foi longo: durou dois anos. Nesse tempo todo, a receita original sofreu muitas alterações – foram quase 400 versões até chegar ao produto final.

A cerveja de Ferran Adrià
Foto: divulgação

Entre os ingredientes, alcaçuz, raspas de laranja e coentro. A segunda fermentação é feita em garrafa

O próprio formato da garrafa abre caminho para que sua apreciação seja feita em taças de vinho (tomando o cuidado de não ultrapassar a metade da capacidade). Os copos Tumbler também casam muito bem com a degustação da Inedit.

Outra peculiaridade é a divulgação da marca, que foge completamente do padrão de campanhas tradicionais de cervejas. As fotos privilegiam a harmonização em um restaurante high-end. Detalhe: com mulheres curtindo também (o que, ainda bem, vem se tornando cada vez mais natural). Veja:

Nem sou entendedora de cervejas (aliás, não sou entendedora de nada), foram meus amigos amantes do mundo cervejeiro que me recomendaram a Inedit, sob fortes elogios. Para muitos, é a melhor cerveja produzida pela Espanha atualmente.

Em casa, harmonizamos despretensiosamente, sem seguir regras, com uma farta pasta à Carbonara.

E foi ótimo.

Acidez agradável, baixo amargor, levemente gaseificada e, muito importante: não provoca aquela sensação horrível de estufamento, tão recorrente em cervejas produzidas em grande escala. A espuma tem boa duração e o teor alcoólico é de 4.8%.

Para servir, recomenda-se algo em torno de 5ºC. Vai muito bem acompanhando frutos do mar, saladas com molhos cítricos, carnes de caça, assados, defumados e vegetais amargos (alô, alcachofra, você também!).

Compro sempre na WBeerAliás, soube ontem que acaba de chegar um novo lote por lá, o que – isso mesmo – me inspirou a escrever este post. 😉

Estrella Damm Inedit também pode ser comprada em sites como a CluBeer, Cerveja Store e Cerveja Express.

The following two tabs change content below.
A cerveja de Ferran Adrià
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, atualmente diretora de redação da revista Wine.com.br, publicação sobre vinhos de maior tiragem do Brasil. Foi crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
A cerveja de Ferran Adrià

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)