O melhor frango do mundo

frango assado no L'Ami Louis

Já dizem os franceses: um bom frango assado nunca é obra do acaso. É preciso aliar uma ave de ótima procedência com o talento de um chef. “É como a falsa simplicidade do pretinho básico: corte, tecido, caimento, nada ali é coincidência”, bem comparou o Le Figaro.

Exagero? Não mesmo. Estamos falando sobre um dos pratos mais populares entre os franceses, protagonista de almoços em família eternizados na memória e reproduzidos ao longo da vida.

Pois bem.

Há alguns anos escrevi uma crônica em que eu lamentava não ter ido, em nenhuma de minhas viagens à capital francesa, ao L’Ami Louis, no Marais. É um bistrô tradicional, onde a estrela principal brilha desde a primeira metade do século passado: o poulet rôti (frango assado, em bom português).

Mas eis que durante uma passagem-relâmpago por Paris, liguei para o lugar e consegui reserva.

E lá fui eu para o Marais com minha professora de francês e amiga querida, Eva – a parisiense mais adorável que conheço, daquelas reticentes quanto a tudo o que é feito para turistas.

Tamanha ansiedade, acabamos abrindo o lugar, chegando por volta do meio-dia. O ambiente não tem frescura nenhuma (como se espera de um autêntico bistrô). O piso é revestido de ladrilhos antigos – talheres e louças são bem gastos. Fomos atendidas por um senhor simpático, funcionário da casa há 14 anos. Começaram a chegar os clientes e, embora a casa seja alardeada mundo afora, em apenas uma das mesas havia turistas – russos, especificamente.

Nas demais, só franceses, pelo que pude ouvir à volta.

A espera durou algo como uns 40 minutos. O frango chegou dourado e aromático:

O melhor frango do mundo

E, rapidamente, foi trinchado à mesa, como é tradição na casa. Fiz até um vídeo:

Pelo que apurei sobre o preparo, o poulet é besuntado com gordura de ganso e assado, em seguida, no forno à lenha por cerca de 40, 45 minutos, servido imediatamente. O resultado estava ali, à minha mesa, e mereceu um brinde com um Chablis Premier Cru Mont-de Milieu 2008.

O melhor frango do mundo

Agora vamos ao veredito: um equilíbrio excelente entre a carne suculenta e a superfície crocante. O acompanhamento também é famoso: uma montanha de batatas, cortadas finíssimas e sequinhas, fritas igualmente em gordura de ganso e assadas em panela de cobre revestido de estanho.

Come-se, come-se, e não é preciso mais nenhuma guarnição.

Ao fim, eu, que nunca dispenso sobremesa, não pedi mais nada. Comi mais do que podia. Se é bom? Oh-lah-lah! Eva também adorou.

Juntas, porém, chegamos à mesma conclusão: em todas as categorias, o frango passou com louvor. Mas na relação custo-benefício ficou devendo: 80 euros por um frango assado – mesmo em Paris, em um domingo primaveril  – é luxo para uma vez na vida.

E embora eu tenha adorado a experiência, saí de lá com o sentimento de que naquele domingo estive duas vezes no L’Ami Louis: a primeira e a última. Bem, talvez a penúltima.

Mal sabia que, no dia seguinte, eu comeria de joelhos aquele que seria o melhor frango que já experimentei: assado no próprio purê, com alho e tomilho, o poulet do hotel Lutetia (com receita centenária) é servido em uma simpática coccote (caçarola). Este, eu certamente vou voltar para comer de novo e de novo. Mas isso é assunto para outro post.

L’Ami Louis
32, rue du Vertbois, IIIe.
Tél. : 01 48 87 77 48 (Não se esqueça de reservar!)
Abre diariamente, exceto às segundas e terças-feiras.

Cinco outros lugares incríveis para apreciar o típico poulet rôti em Paris

Os cinco melhores macarons de Paris

FIQUE BEM! Dicas de hotéis bacanas na região do Marais

Uma das melhores relações custo x benefício do Marais, o Gabriel fica em uma esquina, precisamente em uma casa restaurada, construída em 1925. As suítes – 40, ao todo – têm atmosfera relaxante, zen-style.
  • 25, Rue Grand Prieuré, 75011 Paris Tel +33 (0)1 47 00 13 38
Sabe um desses lugares de sonho, meio escondidos, com muros cobertos por hera e floreiras nas janelas antigas? É aqui! Em um edifício do séc. XVII, bem em frente à Place des Vosges, tem 54 suítes e pertence à rede Small Luxury Hotels.
  • 28 Place des Vosges, 75003 Paris Tel +33 (0)1 40 29 19 19

Hotel du Petit Moulin
Hotel boutique abrigado por um edifício do séc. XVII, muito frequentado por designers e artistas. A decoração é de ninguém menos que Christian Lacroix. Com apenas 17 suítes, cada um com estilo próprio.

  • 29 Rue de Poitou, 75003 Paris Tel +33 (0)1 42 74 10 10

Passeios em Paris com a Ticketbar

 

The following two tabs change content below.
O melhor frango do mundo
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, atualmente diretora de redação da revista Wine.com.br, publicação sobre vinhos de maior tiragem do Brasil. Foi crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
O melhor frango do mundo

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)

Deixe uma resposta