Babaganoush

Babaganoush com 4 Ingredientes ®

Você certamente vai encontrar várias formas diferentes de escrever o nome dessa especialidade árabe: babaganoush, babaganuj, baba ghanoush e por aí vai. Da mesma forma, há várias versões da receita de babaganoush,. O certo é que este prato nasceu no Oriente Médio, preparado à base de berinjela – assada ou grelhada – e tahine, pasta feita com sementes de gergelim.

Babaganoush


BABAGANOUSH

4 Ingredientes® :

1,5 kg de berinjelas (3 unidades grandes)
250 g de tahine (1 xícara de chá)
suco de 1 limão
2 dentes de alho bem picados


PREPARO

1. Lave bem as berinjelas. O primeiro passo é furá-las bem com um garfo. Capriche.

Babaganoush

2. Leve-as ao fogo alto, dessa forma, diretamente:

Babaganoush

3. O processo é um pouco demorado e varia conforme o tamanho das berinjelas e a intensidade da chama. Apesar de não ter usado aqui, eu aconselho a utilização daqueles protetores de fogão ou papel alumínio para não fazer sujeira. Vire as berinjelas conforme perceber que já começaram a queimar… Assim, sem dó:

Babaganoush

4. Elas vão murchar bastante e ficar feias que só, mas tudo bem. Devem ficar bem queimadas. Veja:

Babaganoush

5. Hora de tirar a casca. Há duas formas. A mais fácil é com as mãos, sob água corrente fria. Mas seria inviável fotografar essa parte. Então, optei pela outra forma de descascá-las: comece fazendo um corte no centro com uma faca. Assim:

Babaganoush

6. Depois, utilize um garfo para descascar. Como elas já estão molinhas por dentro, a casca vai sair com facilidade. A parte chata é que não sai inteira, mas em pedacinhos.  Por isso, nem tente se livrar de tudo, porque um pouquinho de casca sempre fica. Veja como sai:

Babaganoush

7. Momento transgressão: normalmente as sementes são retiradas nessa hora, mas eu acho que o babaganush tem mais graça com elas. Então, você decide como vai ficar a sua, preservando a polpa ou dispensando-a. 😉

Babaganoush

8. Daí, com a faca, você vai dando uns soquinhos nas berinjelas, para que  formem uma espécie de polpa uniforme. Reserve.

Babaganoush

9. À parte, misture o tahine com o alho picado e o suco de limão.

Babaganoush

10. Vai ficar assim, mais consistente:

Babaganoush

11. Aos poucos, adicione água gelada a gosto. A finalidade é dar ponto e clarear a babaganoush. Veja como vai mudando a cor:

Babaganoush

12. Quando reservo a jarra com água, gosto de adicionar umas pedrinhas de gelo. Que entram na dança, também, claro!

Babaganoush

13. Mexa até que a consistência fique assim:

Babaganoush

14. Hora de adicionar as berinjelas:

Babaganoush

15. Mexa bem e adicione sal (e mais limão, se quiser)  a gosto.  Está pronta! 🙂

Babaganoush

Sirva com pão folha ou sírio. Se preferir, regue com um bom azeite extra-virgem e decore com folhinhas de hortelã.

Babaganoush

The following two tabs change content below.
Babaganoush
Jornalista e consultora nas áreas de gastronomia e viagem, atualmente diretora de redação da revista Wine.com.br, publicação sobre vinhos de maior tiragem do Brasil. Foi crítica de restaurantes da revista Playboy, repórter e apresentadora na Rede Globo, Record e TV Cultura.
Babaganoush

Latest posts by Luciana Lancellotti (see all)